Aqui onde você está

Aqui onde você está_P2

por Cassiano Rodka

À tia Ruth

A mão da criança no coque
Dedinhos no cabelo, onde cada fio é um segundo
Desmonta o penteado como quem desafia o tempo

A mão do adolescente no pote de azeitonas
Dedos no vidro, onde um olhar carinhoso se esconde
Degusta cada minuto até o caroço

A mão do adulto é ocupada demais
Deduz o tato, o contato e paga o pato
Desvenda a sombra das horas que passaram num sopro

O tempo se aproxima como a água na beira do mar
Discreto e de mansinho e de repente a nos molhar
Desfaz o castelo, o colo e o carinho

Mas a distância entre nós, ela hoje não há
De certo, é isso que o tempo enfim nos dá
Desagua nossos momentos em um só lugar

2 comentários sobre “Aqui onde você está

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s